sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Mais eu me mordo de ciumes!!!!


Mas por que sentimos ciúmes? Este sentimento é movido por fatores emocionais: a posse e a insegurança. Junto à atitude possessiva, pode se encontrar os sentimentos de inferioridade e de rejeição E tudo isso, coligado ao medo de perder a pessoa amada, amada? São os culpados por esse inferno particular. E então? O que fazer? O primeiro passo é perder o orgulho e assumir que você é uma pessoa ciumenta.
No ciúme, as dúvidas podem se transformar em idéias supervalorizadas - decorrentes ou não do sentimento de inferioridade, ou sinceramente muitas das vezes, delirantes.

Depois das idéias de ciúme, a pessoa é compelida à verificação compulsória de suas dúvidas. O ciumento verifica se a pessoa está onde e com quem disse que estaria, remexe por todo o computador em busca de e mails, orkut ou seja lá o que for, ouve telefonemas, examina bolsos, bolsas, carteiras, recibos, roupas íntimas, segue o companheiro, contrata detetives particulares, etc. Toda essa tentativa de aliviar sentimentos, de encontrar verdades, não ameniza o mal estar que se instala, muito pelo contrario, pode aumentar sua ira.

Daí que os sentimentos de posse, desamor e insegurança passam a ser irracionais. E o que acontece? Principalmente na relação amorosa, a tendência é tentar exercer controle sobre os passos da pessoa amada.

Começam assim as cobranças, as brigas e a vida a dois se transformando num verdadeiro inferno, tanto para a pessoa que esta sendo acusada de infidelidade quanto para aquela que sente ciúmes, pois qualquer olhar, qualquer atitude "diferente", que só existe na cabeça do ciumento, já é motivo de sofrimento.

Afinal, sentir ciúmes é normal? Tão normal quanto sentir saudades, por exemplo. Mas, ainda como a saudade, o ciúme é um sentimento normal quando surge como resposta a uma situação real, imediata, com sua duração limitada há um tempo que nem sempre é definido, porém certamente limitado.

No entanto, quando o ciúme passa a ser exagerado e vamos nos deixando levar por esse sentimento, começamos a colocar de lado tudo o que nos dá prazer em um relacionamento, para ficarmos espreitando, espionando, buscando fatos e coisas que provem a infidelidade do outro.

Quando o ciúme, entretanto, começa a se prolongar no tempo e aumentar de intensidade, alguma coisa deve estar acontecendo. A saudade, por exemplo, quando intensa e prolongada, pode gerar uma situação mais séria de depressão. O ciúme também, só que atua mais na esfera da angústia e da ansiedade, gerando, portanto, estados ansiosos mais persistentes, portanto muito dolorosos.

Veja, existe a hora de pedir ajuda.

É preciso aprender a respeitar limites, ninguém é dono de ninguém. Todos precisam ter sua individualidade, liberdade e principalmente respeito. Valorize-se e ame-se. Acredito que em certos momentos ou situações pedir ajuda a um psicoterapeuta seria de grande valia!


O ciúme normalmente está ligado a alguns sentimentos inconscientes que podem ser:
1- Baixa estima. Quando a pessoa tem pensamentos conscientes ou inconscientes de que não é merecedora de amor. Normalmente foram pessoas muito criticadas durante a infância, que desenvolveram uma desconfiança sobre seu próprio potencial e poder. Leia mais a esse respeito no tópico – Baixa estima no quadro de temas.
2- Controle. Quando a pessoa tem a sensação de que precisa ter controle sobre tudo e todos à sua volta. Normalmente foram pessoas que tiveram a seu lado na infância, figuras de autoridade que se colocavam como vítimas e a criança sentia-se culpada e responsável pelo bem estar emocional de quem se fazia de vitima. Ou são pessoas muito mimadas que pensam serem donas do mundo, e que todos devam girar à sua volta, realizando seus caprichos. Pessoas controladoras têm medo do futuro e normalmente não confiam na vida. Leia mais sobre isso, no tópico – Controle e Apegos no quadro de temas.
3- Espelhamento. Quando o ciumento por trair ou por sentir vontade de trair  tem medo que o parceiro realize isso de fato. O ciumento está, nesse caso, espelhando no outro o que na verdade tem dentro de si. Seu pensamento, seja consciente ou não, repete sempre: “Se não sou confiável, ninguém é!”
4- Percepção e negação. Quando existe de fato uma postura falsa do companheiro, mas o ciumento não quer admitir que esteja sendo traído e acaba provocando uma briga para que o outro negue a traição, minta dizendo ser fiel. O ciumento nesse caso ao provocar a discussão, não quer ouvir a verdade e sim, que o outro negue a traição. Assim o ciumento passará mais algum tempo com sua dor aplacada e enganando a si próprio e não terá que tomar nenhuma atitude para terminar a relação.
Em todos os casos existe o erro de visão. O ciumento estará enxergando algo que reflete seu interior conturbado, e não, a verdade. E, é claro que quando estamos conturbados, tomamos atitudes conturbadas que geram efeitos desastrosos.


 

Veja algumas dicas para controlar seu ciúme:
1 – Evite os pensamentos destrutivos. Substitua-os por outros que tragam segurança e confiança em si mesma.
2 - Esforce-se para ser positiva e saiba diferenciar os fatos reais dos que são fruto da sua imaginação.
3 - Fixe-se nos fatos para ver se realmente há um conflito que você precisa solucionar.
4 - Confie no seu parceiro e controle o ímpeto de interrogá-lo sobre onde e com quem está a cada cinco minutos.
5 - Quando você sentir esse impulso, pense imediatamente em si mesma e faça alguma coisa de que goste muito.
6 – Converse com o seu parceiro sobre o que está acontecendo com você em um momento em que se sentir tranqüila.
7 - Assim você manterá o autocontrole e poderá explicar o que sente. Isso será impossível se você decidir falar em plena crise de ciúmes.

8 - Converse sobre a sua percepção atual.
9 – Não justifique os seus ciúmes com fatos do passado que já foram esclarecidos.
10 - Quando você sentir que a situação está saindo do seu controle, converse com uma pessoa discreta e de confiança sobre o que está acontecendo: um amigo, um terapeuta, um médico.
11 - Muitos fantasmas desaparecem quando você consegue falar sobre eles e crescem quando você os esconde ou nega.
12 – Não culpe ninguém pelo que você sente. Nem a si mesma.
13 - Lembre-se de que você é responsável pelos seus atos, e que está tentando sinceramente superar esses ciúmes que fazem você sofrer.

Eu sou muito ciumenta, e na maioria das vezes isso me atrapalha... estou tentando mudar! e vcs são ciumentas ou não?!!

Otimo dia!bjus...

12 comentários:

Karen Guzzatti Konig disse...

ooi floor , ja estou te seguindo ok, adorei seu blog , mt mt legal !
#milbeijinhos pink
Da uma passadinha la no meu cantinho
http://karenbarbiepink.blogspot.com

Lanny F disse...

Sabe que eu sempre fui ciumentinha? Mas meu ciúmes é mt natural, nada fora do normal!

Beijos,
http://sorvetedecupu.blogspot.com/
@sorvetedecupu

Mary Hitner disse...

Ahhh.. ciumes é complicado..
Eu até nem sou muito ciumenta.. é acho que meu ciumes até abaixo do normal!! hahaha

Já estou te seguindo ;)

Um beeijoo..

http://maryhitner.blogspot.com/

@maryhitner

Helena Pavan Guimarães disse...

Ai eu sou um pouco ciumenta sim....nada exagerado....mas sou...
Beijo
Helena

laridias disse...

Eiiiii
passando pra conhecer seu blog e avisar que no meu está rolando sorteio
de uma shamballa linda com detalhes em strass da minha lojinha !!
Acho que voce iria gostar !
Beijo

Make fan7asy disse...

AMIGA, volteeeeeeeeeei *O*
que saudade!!! Só pude rsponder agora mas eu nao sumo mais nao ta? kkk
Olha ja sofri muito com ciumes, mas aprendi a me controlar e ser mais saudavel com relaçã a isso, graças a dEUS KKKK
Me ajuda lá no blog, tem uma enquete ta?
beijããão,
@Makefan7asy

Amanda Z. disse...

Eu sou meeeega ciumenta rs ^^
Mais eu tento me controlar, e até que consigo rs


Beijos
www.diariodelooks.com
@diariodelooks

Camila Souza disse...

sou muito ciumenta
bj
thecamilamorena.blogspot.com

Jessica Viégas disse...

Eu também sou ciumenta e estou tentando controlar isso, e tá dando certo.
Adorei o texto!
Beijos.

www.deliriosdeconsumista.com.br

Alih disse...

Oi flor, eu por aqui ;) Nossa não sou muito ciumenta, um pouco só, mas eu não gosto de demonstra não. Se estou encucada com alguma coisa, eu não falo assim já na lata, mas eu faço uma performasse e consigo o que eu quero hahaah bisus Alih

http://alinemiramakeup.blogspot.com/
@juntandostrapos

Manu Magalhães disse...

Oie linda, de nada e muito obrigada por seguir tbm.
Super Bjs
http://olhardemanu.blogspot.co¬m/
Twitter: @manuka_mn

tony disse...

eu sou muito ciumento coisa que nunca foi em toda a minha vida mas desde que conheci uma mulher criou dentro de mim muito ciumes mesmo não sei se por a distancia porque ela esta no Brasil e eu na frança mas que nunca senti tantos ciumes em toda a minha vida